Seara azul

7142164393_6c3ff3afca_z

Sementes que foram plantadas com a docilidade de quem acaricia a terra. Nelas estão todos os segredos que carregam. Segredos que até a ciência desconhece. Ecos de um som feito em outra data.
De todas as bênçãos que recebemos, aceitamos primeiramente com resignação. Mas, com o tempo, passamos a entender aos poucos a profundidade de suas raízes. A beleza de sua busca da luz, rompendo ao seu próprio modo a terra assentada.
A força e a pureza que saem para a vida, destemidas e autênticas, nos ensinam lições de humildade e bondade, levando-nos a questionar nossa própria existência. São sementes do bem que carregam em si a qualidade de seres únicos, cada uma com suas peculiaridades.
Em seu crescimento temos a certeza e a dúvida, o ardor e a entrega de um destino implacável. Temos a consciência de que nossa missão é cuidar e proteger dos perigos de um mundo que não está preparado para recebê-las. São as rebeldes de Gaia que restituem nossas almas ao divino, ao belo, no mais alto grau de espiritualidade. Com a ingenuidade e o instinto dos animais selvagens.
Ah, seara bendita, que é sofrida e angustiante e ao mesmo tempo tão encantadoramente apaixonante. De todas as preces, a sua criação é a mais profunda. Um exemplo de vida. Um porquê sem igual. Um presente inusitado, uma dádiva que nos remete à um futuro duvidoso e árduo, mas que nos mantém com aquela fagulha chamada esperança e nos aquece no frio da madrugada.
Que a sua colheita seja farta, doutrinando o homem ao dom de ser capaz de entender seus limites, sendo ele mesmo o início de tudo e as sementes, o meio e o fim.

À todos os anjos azuis que povoam os campos sagrados deste mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: